Total de visualizações de página

sexta-feira, 19 de abril de 2013

CARACTERISTICAS DO DISCIPULO (parte II) - OBEDIÊNCIA E SUBMISSÃO



OBEDIÊNCIA



A OBEDIENCIA É O PRIMEIRO DISTINTIVO DE UM DISCIPULO pois – JO 14.15: “AQUELE QUE AMA, OBEDECE AO SENHOR E SUA PALAVRA”.

QUEM NÃO OBEDECE, É PORQUE NÃO AMA, E QUEM NÃO AMA, NÃO PODE SER UM DISCIPULO.

POR AMOR A CRISTO, UM DIA ALGUÉM RESOLVE OBEDECER AO CHAMADO DELE PARA O ARREPENDIMENTO E COMEÇA A SEGUI-LO; O BATISMO É MAIS UM PASSO DE OBEDIENCIA, E A VIDA CRISTA É UMA PEREGRINACAO, DE OBEDIENCIA EM OBEDIENCIA, ATÉ O FINAL.


POR EXEMPLO: NUM EXERCITO, OS SOLDADOS OBEDECEM O SARGENTO PORQUE O SARGENTO OBEDECE O TENENTE, QUE POR SUA VEZ OBEDECE AO GENERAL;

SE UM SOLDADO DESOBEDECE O SARGENTO, ELE ESTÁ DESRESPEITANDO A AUTORIDADE DO GENERAL E SUJEITO A PENALIDADES; POR ISSO, O BEM-ESTAR DE UM SOLDADO DEPENDE SEMPRE DE SUA OBEDIENCIA.

ENTRETANTO, NUM EXERCITO, OS MILITARES OBEDECEM MOTIVADOS PELO MEDO; NO REINO DE DEUS, A MOTIVACAO PARA OBEDIENCIA DEVE SER O AMOR E A HONRA.

ENTRETANTO, NOSSO BEM-ESTAR, COMO NO CASO DOS MILITARES, TAMBEM ESTÁ SEMPRE CONDICIONADO A QUÃO DISPOSTOS ESTAMOS A OBEDECER A DEUS E SEUS DELEGADOS.

MAS PARA OBEDECER, É PRECISO CONHECER A PALAVRA DE DEUS, POIS É IMPOSSIVEL OBEDECER ALGUÉM SE NÃO TEMOS COMO CONHECER SUA VONTADE.

SERIA, POR EXEMPLO, INJUSTO CASTIGAR UMA CRIANCA QUE APRONTOU SE ELA NÃO TEVE A OPORTUNIDADE DE SABER COMO DEVERIA SE COMPORTAR.

DEUS NÃO É INJUSTO NEM ARBITRÁRIO, POIS ELE REVELOU CLARAMENTE SUA VONTADE PARA QUE POSSAMOS OBEDECE-LO EM TUDO.

CRISTÃOS QUE SÃO "ANALFABETOS DE BÍBLIA"  ESTÃO SEMPRE TROPEÇANDO,  PORQUE SEM CONHECER A PALAVRA, DESOBEDECEM A TODO MOMENTO.

QUEM REALMENTE QUER OBEDECER, TEM SEDE DE CONHECER A PALAVRA. UM DISCIPULO VERDADEIRO É ALGUEM QUE CONHECE A PALAVRA E ANDA NELA.

ESTAR IMPREGNADO DA PALAVRA É PRIORIDADE PARA O DISCIPULO E SERVO DE DEUS, PARA QUE COMO HOMEM DE DEUS, CADA UM ESTEJA “APTO E PLENAMENTE PREPARADO PARA TODA BOA OBRA”(2 TM 3.17).

QUANDO SOMOS CONFRONTADOS COM DILEMAS, PRESSOES, TENTACOES, OU DECISOES IMPORTANTES E - CONHECEMOS A PALAVRA – TEREMOS TODA CONDICAO DE ORAR E MEDITAR COM CALMA, DISCERNINDO PELA PALAVRA O CAMINHO A SEGUIR.

 “VOCES ERRAM NÃO CONHECENDO AS ESCRITURAS, NEM O PODER DE DEUS” (MT 22.29)

NÓS ESCOLHEMOS OBEDECER, NOS COMPROMETEMOS COM DEUS, EM OBEDECE-LO.

TER COMPROMISSO É LIGAR A NOSSA VIDA A UM ALVO, UMA PESSOA OU IDEAL SEM SE IMPORTAR COM AS CONSEQUENCIAS (NA ALEGRIA OU NA TRISTEZA, NA SAUDE OU NA DOENCA, ETC.).

NOSSO COMPROMISSO COM DEUS É UM VOTO DE ESTARMOS UNIDOS A ELE, ACONTEÇA O QUE ACONTECER, EM QUALQUER AREA DA NOSSA VIDA.

A MAIORIA DOS CRISTAOS QUER OBEDECER A DEUS, MAS SOMENTE QUERER NÃO É SUFICIENTE!

POIS O NOSSO QUERER PODE OSCILAR EM FUNCAO DAS NOSSAS EMOCOES E SENTIMENTOS.

UM DISCIPULO NÃO SOMENTE QUER, MAS DECIDE OBEDECER A DEUS.

É O NOSSO PACTO COM DEUS QUE DETERMINA A NOSSA OBEDIENCIA, E NÃO A NOSSA VONTADE!!! POIS HÁ MOMENTOS EM QUE NÃO TEMOS VONTADE, MAS SE DAMOS VALOR AO PACTO, CONTRARIAMOS A NOSSA CARNE E OBEDECEMOS A ELE.

SATANÁS TEM COLOCADO NAS PESSOAS O CONCEITO ERRADO DE QUE “PRAZER E FELICIDADE” SÃO A MESMA COISA, QUANDO NÃO SÃO.

EX.: PESSOA QUE SE SEPARA DO CONJUGE, ACREDITANDO QUE MESMO ABANDONANDO O PACTO, DEUS QUER QUE ELA SEJA “FELIZ”.

ESSA PESSOA PODE ATÉ ENCONTRAR UMA SENSAÇÃO DE ALEGRIA OU ALIVIO, MAS NUNCA SERÁ FELIZ, POIS O PADRÃO DE FELICIDADE DO REINO É: “FELIZ É AQUELE QUE OUVE A PALAVRA DO SENHOR E A OBEDECE” (LC 11.28), E A BÍBLIA DIZ QUE O CASAMENTO É UMA ALIANÇA PERPÉTUA.

POR ISSO, NA VIDA DE UM DISCIPULO, QUANDO HÁ CONFLITO ENTRE OS SEUS SENTIMENTOS E A PALAVRA DE DEUS, NUNCA DEVEMOS SEGUIR O NOSSO CORACAO, E SIM A PALAVRA, QUE É ABSOLUTA E PERFEITA. NOSSOS SENTIMENTOS SÃO RELATIVOS.

O NIVEL DE OBEDIENCIA É O QUE DISTINGUE UM CRISTAO DOS DEMAIS.

SUBMISSAO

A SUBMISSAO COM ALEGRIA É A SEGUNDA CARACTERISTICA DE UM DISCIPULO VERDADEIRO, POIS A SUBMISSAO VAI ALÉM DA OBEDIENCIA.

A OBEDIENCIA TRATA DA ATITUDE, ENQUANTO A SUBMISSAO TRATA DO CORACAO.

É POSSIVEL OBEDECER, SEM NA VERDADE, SER SUBMISSO.

QUANDO JESUS DIZ PARA TOMARMOS O “SEU JUGO”, ELE ESTÁ DIZENDO PARA QUE SEJAMOS SUBMISSOS A ELE.

MUITAS VEZES OBEDECEMOS A DEUS POR MEDO DAS CONSEQUENCIAS, E NÃO COM ALEGRIA, POR QUE NAO CREMOS REALMENTE QUE EM TUDO QUE ELE DIZ E PERMITE AS COISAS COOPERAM PARA O NOSSO BEM, SE NÓS O AMAMOS E ESTAMOS BUSCANDO OBEDECER.

JESUS NÃO SE AGRADA DE UMA MERA OBEDIENCIA, ELE QUER QUE OS DISCIPULOS SEJAM OBEDIENTES E SUBMISSOS, POIS UMA COISA COMPLEMENTA A OUTRA.

OS FARISEUS ERAM OBEDIENTES À LEI, MAS NÃO ERAM SUBMISSOS, POIS SEUS CORACOES OBEDECIAM À LETRA SEM A ALEGRIA DO ESPIRITO, E SEM O AMOR A DEUS E ÀS PESSOAS.

HÁ TAMBÉM NA BIBLIA EPISÓDIOS DE SUBMISSAO A HOMENS SEM OBEDIENCIA A DEUS (EX. JOABE - SE SUBMETENDO A DAVI E DESOBEDECENDO A DEUS - 2 SM 11.15-16)

OBVIAMENTE, QUANDO UMA ORDEM HUMANA CONFLITA COM A PALAVRA, OU SEJA, QUANDO ALGUEM NOS MANDA PECAR), DEVEMOS FICAR COM A PALAVRA. POREM, SOMENTE NESTE CASO, POIS EM QUALQUER OUTRA CIRCUNSTANCIA, A BIBLIA DIZ PARA SERMOS SUBMISSOS A TODAS AS AUTORIDADES (SOCIAIS, FAMILIARES, ECLESIASTICAS).

ÀS VEZES TEREMOS QUE SER SUBMISSOS SEM ENTENDER NAQUELE MOMENTO, CONFIANDO QUE, ESTAMOS EM OBEDIENCIA À PALAVRA, E QUE A AUTORIDADE QUE ESTÁ SOBRE NÓS DARÁ CONTA A DEUS DE SUAS DIRECOES. ASSIM, OBEDECEMOS A DEUS, E AS AUTORIDADES DELEGADAS COM O CORACAO LEVE.

A OBEDIENCIA COM FALSA SUBMISSAO NOS LEVA A TROPECAR, POIS NÃO “ABRAÇAMOS A MISSAO”; ESTAMOS INDO JUNTO POR IR, NÃO ESTAMOS INDO JUNTO DE CORAÇÃO.

O DISCIPULO MANTEM UMA CONFIANCA NA DIRECAO DE DEUS EM OBEDECER E SE SUBMETER, E PAGA O PREÇO PARA ISSO.

QUANDO ESTABELECEMOS "CONDICOES" PARA OBEDECER A DEUS, ESTAMOS NEGANDO NOSSA CONFIANCA NELE;
QUANDO NOS RECUSAMOS A NOS SUBMETER AOS PRINCIPIOS DE DEUS, ESTAMOS NEGANDO SUA SABEDORIA E SEU AMOR.

CRISTO SEMPRE GOVERNOU TAMBÉM POR MEIO DE AUTORIDADES DELEGADAS POR ELE, POR ISSO, NOSSA ATITUDE COM RELACAO A ESSAS AUTORIDADES REFLETE NOSSA VERDADEIRA ATITUDE PARA COM DEUS.

SEMPRE QUE UMA AUTORIDADE DELEGADA TOCA NOSSA VIDA, DEUS ESPERA QUE A RECONHEÇAMOS E SEJAMOS SUBMISSOS COM ALEGRIA, FAZENDO COMO SE FOSSE PARA COM O PROPRIO DEUS.

UM DISCIPULO SÓ CRESCE EM AUTORIDADE À MEDIDA QUE SE SUBMETE A UMA!

A PESSOA QUE NÃO SE SUBMETE NÃO TEM CONDICAO DE EXERCER AUTORIDADE SOBRE OUTRAS.

QUANDO NOS RECUSAMOS A NOS SUBMETER A UMA AUTORIDADE, PERDEMOS NOSSA PROPRIA AUTORIDADE, POIS TODA AUTORIDADE QUE TEMOS VEM DE CRISTO, E NELE NÃO HÁ ORGULHO OU REBELIAO.

O CRISTAO QUE SE RECUSA A SE SUBMETER A AUTORIDADE, É COMO A CRIANCA QUE FOGE DE CASA PARA SE VIRAR SOZINHA NA RUA, POREM SUA SOBREVIVENCIA ESTÁ SERIAMENTE AMEACADA, POIS ELA ESTÁ SEM COBERTURA.

"CRISTÃOS AVULSOS", QUE SE RECUSAM A SE SUJEITAR A AUTORIDADES E SE SUBMETER A DIRECOES, SÃO PESSOAS SEM AUTORIDADE ESPIRITUAL; E PARA EXERCER QUALQUER FUNCAO NO REINO, PRECISAMOS DE AUTORIDADE ESPIRITUAL, POIS TODA FUNCAO ENVOLVE BATALHAS ESPIRITUAIS!

POR ISSO, NAS ESFERAS ONDE PODEMOS ESCOLHER AUTORIDADES (EX. IGREJA, CASAMENTO, POLITICA), DEVEMOS SEMPRE ESCOLHER PESSOAS PIEDOSAS E QUE TEMEM A DEUS.

TEMOS QUE TER CUIDADO EM SER MUITO CRÍTICOS, DESCONFIADOS E EM ULTIMA INSTANCIA REBELDES. NEM SEMPRE TEREMOS AS MESMAS OPINIOES, E ISSO NÃO É PECADO. 

PECADO É EU CONSCIENTEMENTE IR CONTRA O OUTRO NO MEU CORAÇÃO (INSUBMISSAO) OU EM ATITUDES (DESOBEDIENCIA).

SE NOSSO CORACAO TEM O DESEJO DE ENTENDER E NÃO DE AFRONTAR, SEMPRE HÁ ESPAÇO PARA BUSCAR ENTENDIMENTO CONVERSANDO, PERGUNTANDO, E FAZENDO COLOCACOES QUANDO NECESSARIO.

UM DISCIPULO VERDADEIRO EXERCE SUA AUTORIDADE SERVINDO, E NÃO QUERENDO SER SERVIDO, POIS ISSO SE CHAMA AUTORITARISMO.

O CRISTÃO MADURO ESCOLHE SERVIR, E NÃO SER SERVIDO (JO 13.15) “EU LHES DEI O EXEMPLO PARA QUE VOCES FAÇAM COMO EU LHES FIZ”.
OS PRIMEIROS APÓSTOLOS ERAM “SERVOS –LIDERES”, QUE EXERCIAM AUTORIDADE COM AMOR E HUMILDADE.

PERGUNTAS (que devemos fazer a nós mesmos constantemente):

- CONFIO EM DEUS TOTALMENTE PARA OBEDECE-LO PRONTAMENTE?

- CONFIO QUE QUANDO UMA AUTORIDADE DESIGNADA POR DEUS SOBRE MIM TOCA MINHA VIDA EU DEVO ME SUBMETER A ELA DE BOM GRADO COMO AO SENHOR?

- ESTOU PRONTO PARA EXERCER AUTORIDADE, PORQUE EU MESMO JÁ ME SUBMETO A AUTORIDADES?

- TENHO EXERCIDO MINHA AUTORIDADE para servir pessoas ou para fazer com que me sirvam?

MEDITEMOS NA PALAVRA, E QUE ELA DESPERTE EM NÓS O AMOR OBEDIENTE.

DEUS ABENÇOE!



*post inspirado no livro "A formação de um discipulo, de Keith Phillips"

Um comentário: